Policiais Militares do batalhão de trânsito salvam criança em parada cardíaca na Capital

O Cabo PM Fábio Krauss e o Soldado PM Heberson, ambos lotados no Batalhão de Trânsito da Polícia Militar de Campo Grande participaram de uma ocorrência, amplamente divulgada na imprensa e nas redes sociais, que resultou no socorro de uma criança de um ano e meio, no último sábado (18), na Capital.

O CB Krauss, que é policial militar há 12 anos, explicou durante entrevista na tarde desta quarta-feira(22), detalhes da ação que resultou no salvamento da criança.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Krauss contou que por volta das 23 horas de sábado(23), ele seguia para o atendimento de uma ocorrência de acidente trânsito quando, de repente, avistou um veículo Gol se aproximando e buzinando. Fábio disse que quando chegou próximo do veículo e viu um casal no interior do carro pedindo ajuda. Quando abriu a porta traseira deparou-se com uma criança de cerca de 1 ano convulsionando no colo da mãe.

A reação foi imediata. Ele pegou a criança no colo e  a levou para a viatura. Com a mãe no banco do carona, pediu para o colega de serviço, soldado Heberson, que seguisse para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) mais próxima.
Durante o trajeto os militares pediram ajuda os colegas no rádio, onde um militar do corpo de bombeiros, que até o momento não foi identificado, deu as orientações dos procedimentos a serem tomados no momento.

Essa não é a primeira vez que o militar se envolve em uma ocorrência heroica, em 2013, quando estava de folga, o mesmo observou que estava havendo um incêndio em uma casa de madeira na Rua-Sizuo Nakazato no Bairro Itamaracá.

No local ficou sabendo que dentro do imóvel, estava preso um ancião, que na época tinha 74 anos, é que ele tinha problemas auditivos, Krauss, não pensou duas vezes, arrombou a porta, e entrou no meio das labaredas de fogo, dentro da casa, e após localizar o idoso, e carrega-lo nas costas, teve que novamente arrombar as portas do fundo, pois a parte da frente da casa, já estava tomada pelas chamas e pela fumaça tóxica e com esta atitude, ele conseguiu, salvar a vida daquele senhor.

Esta ação heroica anterior, esta atualmente aguardando autorização para a concessão de promoção por ato de bravura.

Atitudes, como essas, mostram o grau de comprometimento dos Policiais e dos bombeiros militares, com a sociedade, pois no ingresso das corporações estes homens e mulheres, fazem o compromisso e o juramento de servir e proteger, enfrentar o perigo e salvar vidas, ainda que seja necessário colocar a sua própria em risco ou sacrifica-la, pelo bem do próximo, por isso há necessidade constante de valorização destes profissionais.

Comentários

comentários