Policiais italianos prendem 32 pessoas envolvidas com a máfia

Agência Brasil/JP

A operação Kerkent, coordenada pela Procuradoria Distrital Anti-Máfia de Palermo, da Itália, prendeu hoje (4) 32 pessoas por associação criminosa e suspeita por envolvimento com a máfia.

As prisões ocorreram em Palermo, Trapani, Catania, Ragusa, Vibo Valentia e Parma.

Os acusados são denunciados também por associação para crime destinado ao tráfico de drogas, posse ilegal de armas e apreensão de pessoa com a finalidade de extorsão.

Na lista de detidos estão duas pessoas acusadas de confisco e agressão sexual.

A máfia italiana é uma organização criminosa conhecida internacionalmente e que, segundo estudiosos, atua na região da Sicília desde o século XIX.

Comentários