Polícia vai incinerar parte das 110 toneladas de drogas apreendidas

Parte das mais de 110 toneladas de drogas apreendidas em Mato Grosso do Sul neste ano serão incineradas na próxima terça-feira, dia 23 de junho, em Campo Grande. A Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), será responsável pela incineração, que será realizada às 9 horas no Frigorífico JBS Friboi, na saída para Sidrolândia.

18queima

São incinerados maconha, cocaína, crack, haxixe e sintéticos como o LSD, que foram tirados de circulação pela Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária e Departamento de Operações de Fronteira (DOF) nas estradas e áreas urbanas dos municípios do Estado, neste primeiro semestre de 2015.

De acordo com dados do Ministério da Justiça, Mato Grosso do Sul é recordista nacional em apreensões de drogas, com a quantidade histórica de 230 toneladas tiradas de circulação em 2014, número jamais alcançado por um estado brasileiro e que deve ser superado este ano. “Já contabilizamos 110 mil quilos neste primeiro semestre, o que representa mais de 40 toneladas em comparação ao mesmo período do ano passado, apontando um crescimento nos apreensões realizadas e indicando que muito provavelmente quebraremos o nosso próprio recorde”, explica o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf.

Waldir Acosta, comandante da Polícia Militar Rodoviária, atribui o crescimento das apreensões principalmente à motivação, dedicação e empenho do efetivo policial. “Além de serem extremamente capacitados, os nossos policiais estão mais motivados, o que tem assegurado bons resultados nas fiscalizações que foram intensificadas e que diuturnamente realizamos com equipes volantes em diversos pontos do Estado”, afirma.

Comentários

comentários