Polícia prende fotógrafo por suposto assédio a garota no Jockey Clube

Um suposto assédio a uma menina de 12 anos, levou o fotógrafo André Luiz Ribeiro de Brito, de 36 anos, a ser preso na manhã deste sábado (24). O caso aconteceu na rua das Primaveras, no bairro Jockey Clube, região sul de Campo Grande. O rapaz pode ser reincidente em fatos parecidos e já registrados na polícia da Capital.

A menina contou a Policia Militar que André, que estava em um veículo Chevrolet Chevette de cor verde, parou ao seu lado, começou a chama-la com expressões de baixo calão e seguiu em ataque em sua direção.

Após sofrer o primeiro assédio verbal, a menina relata ainda, que começou a correr, enquanto era seguida por André. Assustada, a adolescente se trancou em casa e disse ter visto o mesmo carro rondar sua residência.

A família da garota ligou para a PM, que o deteu assim que chegou no local. De acordo com informações, o homem tentou se esconder na casa de um amigo que fica no mesmo bairro.

O fotógrafo foi levado a DEPAC do bairro Piratininga (Foto: Divulgação)
O fotógrafo foi levado a DEPAC do bairro Piratininga (Foto: Divulgação)

Na delegacia o fotógrafo negou o crime e disse não conhecer a menina de 12 anos.

Antecedente ?

Segundo os policiais, existem alguns registros de assédio que indicam ser de André. Ele foi detido e levado a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do bairro Piratininga.

O fotógrafo foi autuado por importunação ofensiva ao pudor. E agora será investigado, por esta ocorrência e comparado com as demais. 

Comentários

comentários