Polícia prende dois envolvidos em morte de técnico agropecuário na Duque de Caxias

Dois envolvidos na morte do técnico agropecuário Carlos Guilherme dos Santos Bertoldo, 30 anos, assassinado a tiros na noite do dia 24 de janeiro, na Capital, foram presos. Willian de Jesus Souza, 22 anos, e Anderson Ricardo de Arruda Silva, 27 anos estão em uma das celas da Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (Derf).

De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, responsável pelo caso, Anderson foi preso na noite da última quarta-feira (17), no Jardim Carioca. “Após um longo trabalho de investigação da polícia, chegamos até o suspeito. Em seguida, fomos atrás de Willian, que foi quem atirou contra a vítima”, relatou.

Crime ocorreu na noite do dia 24 de janeiro. Foto: Ivan Silva
Crime ocorreu na noite do dia 24 de janeiro. Foto: Ivan Silva

Willian foi preso na noite de ontem (18), após se apresentar à polícia acompanhado de um advogado. A polícia já havia feito o pedido da prisão temporária do suspeito, mas ele foi negado pela Justiça.

Preso, Willian confessou o crime e disse que atirou contra Carlos Guilherme para se defender. Segundo o acusado, ele resolveu atirar contra a vítima ao ver que seria ferido por um golpe fatal de faca, porém, a afirmação feita pelo suspeito é contestada pela polícia. “Todas as evidências indicam que Willian está mentindo e que ele atirou contra Carlos à queima roupa”, contou Salomão.

Carlos Guilherme foi morto a tiros durante assalto. Foto: Reprodução/ Facebook
Carlos Guilherme foi morto a tiros durante assalto. Foto: Reprodução/ Facebook

A dupla será encaminhada ao presídio e responderão pelo crime de roubo majorado pelo resultado de morte. Caso sejam condenados, a dupla poderá pegar até 15 anos de prisão.

O caso

Carlos Henrique foi morto a tiros durante uma tentativa de roubo de um veículo Fiat Strada, que ocorreu em um posto de gasolina localizado na Avenida Duque de Caxias na noite do dia 24 de janeiro. Na ocasião, ele reagiu ao perceber que os bandidos levariam sua esposa junto com o veículo e deu uma facada no braço de Willian.

 

A vítima chegou a ser socorrida, mas já chegou sem vida à Unidade de Pronto Atendimento (Upa) da Vila Almeida.

Kerolyn Araújo

Comentários

comentários