Polícia prende caminhoneiro suspeito de fraudar notas fiscais em MS

A Polícia Civil investiga uma quadrilha envolvida em fraudes de notas fiscais para transporte ilegal de cargas em Mato Grosso do Sul. Um caminhoneiro de 50 anos foi preso na quarta-feira (2), em Costa Rica, a 336 quilômetros de Campo Grande, suspeito de participar do esquema.

Caminhão saiu do Mato Grosso e foi parado em Costa Rica (Foto: Divulgação )
Caminhão saiu do Mato Grosso e foi parado em Costa Rica (Foto: Divulgação )

Prisão ocorreu por volta das 11h30 (de MS) no posto fiscal do trevo de Mineiros, na MS-305, após o homem apresentar notas falsas aos fiscais. Policiais civis foram informados que caminhoneiros estariam passando pelo posto com documentos falsos.

No local, o suspeito foi pego em flagrante com nota fiscal indicando que o caminhão possuía carga oriunda do Alto Araguaia (MT). Porém, após verificação, foi constatado que o caminhão estava vazio.

Ainda segundo a Polícia Civil, o caminhão saía do Mato Grosso, entrava vazio em Mato Grosso do Sul, mas com as notas falsas que indicavam carga. Em seguida, o veículo era levado para uma propriedade agrícola, cujo dono era integrante da quadrilha. Lá, o veículo era carregado com produtos que saíam do estado, sem recolher os tributos devidos, lesando o fisco estadual.

Quando recebeu a ordem de parada dos fiscais, o suspeito conseguiu fugir do local a pé, mas deixou os documentos pessoais e do veículo no posto de fiscalização. A polícia foi acionada e o caminhoneiro foi preso e conduzido para uma delegacia, onde foi autuado e está à disposição da Justiça.

A Polícia Civil continuará nas investigações para o levantamento e identificação dos demais suspeitos.

Comentários

comentários