Polícia prende caminhoneiro e técnico em informática em MS durante operação contra pedofilia

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (4/9), em Campo Grande, um técnico de informática de 35 anos, além de um caminhoneiro, que não teve a identidade revelada dentro das investigações da quinta fase da Operação Luz na Infância, deflagrada em Mato Grosso do Sul e mais 14 estados e seis países.

Técnico de informática é um dos presos em ação contra pornografia infantil em MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

O primeiro foi flagrado no bairro Tijuca, em Campo Grande, inclusive com HD’s contendo material de pornografia infantil. Já o segundo foi flagrado em Aquidauana, na região oeste do estado.

“São investigações que ocorrem com antecedência, de 4 a 6 meses, que nos possibilitam verificar o compartilhamento e armazenamento dessas imagens. O técnico de informática será autuado aqui na Depca [Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente]. Já o caminhoneiro será autuado na 1ª delegacia de Aquidauana, eles estão em apoio participando dessa ação conosco”, afirmou a delegada Marília de Brito, titular da unidade policial.

Há seis dias, policiais da Depca vistoriaram 3 endereços nos bairros Portal Caiobá, Vila Jacy e Vilas Boas, com suspeita de produção a envio de material pornográfico infantil. “Na semana passada já tivemos uma ação aqui na cidade, que nos trouxe outros elementos indicativos de prisão e agora estamos cumprindo esses mandados”, explicou Brito.

No total dessa nova fase da operação, 656 policiais atuam além dos estados brasileiros e, ainda, nos Estados Unidos, Panamá, Paraguai, Chile, Equador e El Salvador contra 105 alvos, cumprindo mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes.

Comentários