Polícia paulista prende ex-presidente da torcida Gaviões da Fiel

O ex-presidente da torcida organizada Gaviões da Fiel, Wellington Rocha Junior, foi preso na noite de quinta-feira (12), sendo fato divulgado no fim da noite de ontem, pela polícia de São Paulo. Ele tinha mandado de prisão decretado e é suspeito de participação em uma emboscada a torcedores palmeirenses em abril do ano passado. Ele foi pego após uma abordagem na região do Bom Retiro, no centro da capital paulista, após a Polícia Militar receber uma denúncia anônima sobre o seu paradeiro.

O ex-presidente, é também conhecido como Tonhão, sendo ainda o atual tesoureiro da torcida organizada, foi levado ao 2º Distrito Policial e espera transferência para o sistema penitenciário, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. Ele vai responder por crime de danos ao patrimônio e lesões corporais.

Segundo o tenente Allan Bruno, do 2º Batalhão de Choque da PM, Tonhão estava saindo de um evento da quadra da escola de samba Gaviões da Fiel, conduzindo um carro modelo Hyundai Atos, de cor preta, quando os agentes interceptaram ele.

Comentários