Polícia identifica pistoleiro que executou prefeito na fronteira

A polícia paraguaia identifica pistoleiro que teria executado o prefeito paraguaio de Bella Vista Norte, Miguel Louteiro (ANR) e seu secretário, Celso Carballo.

pist

O autor do homicídio seria, segundo a Policia Nacional de Amambay o pistoleiro, Roberto Carlos Rodríguez González, que teria sido identificado por uma testemunha ocular do crime.

González já respondeu por roubo, em 2010, e por um homicídio, ambos no departamento de Amambay, onde seria suspeito da morte de um jornalista.

O intendente foi assassinado enquanto vistoriava uma ponte na Comunidade Santa Ana, a cerca de 50 km da cidade, quando foi surpreendido por pistoleiros que teriam chegado e até tomado tereré com as vitimas e posteriormente os executararm com vários disparos de arma de fogo.

De acordo com testemunhas, o prefeito foi vistoriar uma ponte que precisava de reparos, e desceu no rio para verificar o estado de conservação da obra. O secretário permaneceu em cima e foi o primeiro a ser morto pelos pistoleiros.

O prefeito, embaixo da ponte, ainda tentou fugir, mas foi alcançado e morto a tiros. A polícia paraguaia já pediu a prisão preventiva do suspeito, que se encontra foragido.

 

Comentários

comentários