Polícia encontra sétima ossada em cemitério de ‘Nando’

A sétima ossada do grupo de pessoas desaparecidas do bairro Danúbio Azul foi encontrada na manhã desta sexta-feira (25) no jardim Veraneio em Campo Grande. Segundo a polícia, a vítima seria Aline Farias da Silva, 22 anos que está desaparecida há 8 meses.

Escavações a procura de corpos continuam no jardim Veraneio. (Foto: Domingos Lacerda/TV Morena)
Escavações a procura de corpos continuam no jardim Veraneio. (Foto: Domingos Lacerda/TV Morena)

A delegada Aline Gonçalves Sinnott Lopes aguarda os resultados dos exames de DNA para confirmar os nomes das vítimas. A suspeita é de outras cinco pessoas tenham sido mortas e enterradas na região.

A polícia acredita que a ossada encontrada hoje é de Aline,Ela era garota de programa e teria sido assassinada por receber para fazer sexo e não teria feito o serviço. Parentes contaram que a garota foi ameaçada de morte um dia antes de desaparecer.

De acordo com as investigações, os casos estariam relacionados à exploração sexual e tráfico de drogas, todos na região do bairro Danúbio Azul, onde Luiz Alves Martins Filho (49), o ‘Nando’, comandava o tráfico.

Além de Nando, as investigações apontam um segundo homem que também teria muita influência no bairro e, por isso, as pessoas pediam para matar os desafetos. Ao todo, 17 pessoas foram presas.

As escavações no “cemitério” devem continuar. A polícia ainda busca os restos mortais de Flavio Soares Correia, 25 anos, Jhennifer Lima da Silva, 13 anos, Eduardo Dias Lima, 15 anos, Jhennifer Luana Lopes, 16 anos e Daniel Gomes de Souza, 17 anos.

As investigações são coordenadas pela Delegacia Especializada de Atendimento a Infãncia e Juventude (Deaij) e têm o apoio da Delegacia Especializada de Homicídios (DEH) e da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Defurv). (COm Informações TV Morena)

Comentários

comentários