Polícia e bombeiros retomam buscas por menino que teria sido jogado no Anhandui

Da Redação/JN

As polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros retomaram as buscas na manhã deste sábado (22) por Kauan Andrade Soares dos Santos, de 9 anos, que desapareceu no dia 25 de junho e teria sido jogada no rio Anhanduí, na avenida Vereador Thyrson de Almeida, em Campo Grande. O trabalho começou às 5 horas.

Retomadas buscas pelo menino que teria sido jogado no Rio Anhanduí, em Campo Grande (MS) (Foto: Flávia Galdiole/TV Morena)

Nesta manhã, oito bombeiros fazem as buscas perto da Ponte Isolada, a última no prolongamento da avenida Ernesto Geisel, região sul da cidade. Com a falta de chuva, o nível do rio está baixo e as buscas estão sendo feitas a pé, nem necessidade de mergulhadores.

Segundo a comandante da operação tenente Juliana, os bombeiros estão preparando barcos e equipamentos de mergulho para fazerem buscas em uma área alagada de maior profundidade.

De acordo com o delegado Paulo Sérgio Lauretto, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o suspeito de ter cometido o crime está preso.

A perícia também acompanha os trabalhos que iniciaram no fim da tarde de sexta-feira (21). Os policiais chegaram até o local após o depoimento do homem a respeito do desaparecimento de uma criança na capital.

Comentários