Polícia captura seis dos 10 ‘fujões’ de delegacia de Aquidauana

A Polícia Civil capturou seis dos dez presos que fugiram depois de cavar túnel na Delegacia de Aquidauana nesta segunda-feira (23). Walisson Renato Fernandes, de 24 anos, foi encontrado no bairro São Francisco. Josivaldo Arevalo Avalos, 25, foi detido já na estrada, a caminho da cidade vizinha de Miranda, onde tentaria se esconder até o apelo do caso diminuir, e Jefferson Augusto, 26, acabou detido a caminho do distrito de Piraputanga. As informações são do portal ‘O Pantaneiro’.

Terceiro da foto foi capturado em Campo Grande e está na Depac, da Vila Piratininga. (Foto: Divulgação)

Marcos de Arruda Santana, 21 anos, e Vinícius R. Rodrigues de Oliveira, 19 anos, foram presos pela PMA (Polícia Militar Ambiental).

Eles estavam na Rua Geovani Toscano de Brito com Rua dos Ferroviários, em Aquidauana. Já Ademir de Souza Arroaba, 27 anos, que foi preso por furto em junho de 2017, já estava em Campo Grande quando foi encontrado por policiais da Capital.

Depois da fuga, foi registrada uma série de furtos na região. Ademir é suspeito de ter furtado moto em oficina mecânica na cidade de Anastácio, conforme registro de imagens de câmeras de segurança. A polícia apura se os outros dois delitos, um furto de uma moto e o furto de objetos dentro de um carro em Aquidauana, também foram cometidos por foragidos.

Após a prisão de Josival, Walisson e Jefferson, os policiais ainda procuram por Alex Bruno Fogaça, 27, Renato Correa, 35, Tiago da Silva Rocha, 32 e Walerson Ozorio, 22. O grupo dividia a cela da cadeia pública com mais 10 internos que optaram por não sair.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou por meio de nota que a Corregedoria da Polícia Civil está apurando o caso.

Segundo a Patsa é importante ressaltar ainda que está em andamento a construção de três unidades penais na região da Gameleira, na região norte de Campo Grande, que deve gerar mais de 1.500 vagas, sendo que um estabelecimento penal deverá ser entregue até o final deste ano.

Comentários