PMDB libera vereadora Délia Razuk e marca pré-convenção para março

Em reunião realizada sábado (19) o Diretório Municipal do PMDB de Dourados resolveu liberar a vereadora Délia Razuk para filiação em outra agremiação partidária e também decidiu realizar pré-convenção em março do ano que vem.

PMDB libera vereadora Délia Razuk (Foto: Divulgação )
PMDB libera vereadora Délia Razuk (Foto: Divulgação )

O encontro aprovou duas resoluções em que dá encaminhamento à decisão do partido disputar, com candidato próprio, às eleições de 2016 e montou uma comissão que fará interlocuções com outros partidos.

A comissão encarregada de fazer as tratativas com outras agremiações visando discutir apoios ficou composta pelo deputado federal Geraldo Resende, presidente da executiva municipal; pelo vice-presidente, empresário Celso Dal Lago; pelo segundo vice-presidente, deputado estadual Renato Câmara; e pelo secretário municipal de Saúde, Sebastião Nogueira. A resolução vedou essa prerrogativa aos demais filiados.

Outra decisão importante do encontro foi a de que em 5 de março de 2016 o PMDB fará uma reunião com caráter de pré-convenção para debater as propostas dos interessados à indicação do partido como candidato ao cargo de prefeito. Nesse evento os peemedebistas escolherão o nome que deverá ser submetido à convenção.

De acordo com a Resolução 002/2015 o membro que tiver a pretensão de submeter seu nome à pré-convenção deverá requerer a indicação à comissão executiva no período de 22 a 29 de fevereiro do ano que vem. Na reunião do dia 5 de março serão debatidas as propostas dos eventuais interessados.

Outro ponto definido pelos peemedebistas foi a de que a partir de 5 de março “o filiado escolhido estará autorizado a entabular entendimentos com outras agremiações partidárias com vistas à formação de coligação para a disputa eleitoral, não sendo permitido, contudo, negociar a indicação do candidato a prefeito que será, necessariamente, do PMDB”.

Democracia

De acordo com o presidente da executiva o objetivo do encontro dos peemedebistas foi o de democratizar a tomada de decisões no PMDB. Nesse sentido, a resolução definiu em um dos artigos que “os filiados que pretendem disputar a indicação partidária para o cargo de prefeito estão autorizados a defender suas postulações frente aos demais filiados do partido”.

“A aprovação dessas propostas comprova a unidade partidária em torno do objetivo de ter uma chapa forte para prefeito e também de boas coligações, a fim de que possamos grande número de vereadores para dar sustentação a um projeto arrojado de administração”, salientou o deputado Geraldo Resende.

Vereadora Délia

Na Resolução 03/2015 ficou definido que “o PMDB, à vista de sua desfiliação, não intentará nenhuma medida objetivando reivindicar o mandato da vereadora Délia Razuk, com base no Art. 22 “A”, da Lei 9.096/95”, levando em consideração “as sucessivas e públicas manifestações da filiada no sentido de expressar sua intenção de se desfiliar do partido”.

 

Comentários

comentários