PMA autua assentado em R$ 4 mil por desmatamento e incêndio ilegais

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande verificaram em um lote rural na tarde desta terça-feira (18), um desmatamento de 3 hectares de vegetação de cerrado, que foi executado sem autorização ambiental. Em outra fração de menos de 1 hectare, onde havia tocos de eucaliptos, o infrator realizou a queima do material lenhoso, também sem autorização do órgão ambiental competente.

IMG-20160719-WA0004-672x372

O desmatamento e o incêndio do material lenhoso foram realizados em mudança do uso do solo para atividades agrícolas. As atividades foram paralisadas. Contra o infrator, de 65 anos, foi confeccionado auto de infração e arbitrada multa de R$ 4 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

Notícias MS

Comentários

comentários