PMA autua arrendatário de fazenda em R$ 15 mil por incendiar mata ciliar de nascentes

A Policia Militar Ambiental (PMA) de Dourados, autuou um arrendatário de uma propriedade rural em R$ 15 mil por degradação de mata ciliar de nascentes (área de preservação permanente – APP). O flagrante ocorreu ontem (19).

Foto: Divulgação PMA
                                                    Foto: Divulgação PMA

O agricultor, residente em Ponta Porã, foi surpreendido no momento que incendiava três hectares nas matas ciliares das nascentes na propriedade rural, localizada às margens da BR-463. A atividade era realizada sem nenhuma autorização ambiental e foi interditada.

Pela infração administrativa, o arrendatário de 54 anos, que informou não saber que era proibido queimar a área, recebeu multa de R$ 15 mil. Ele também responderá por crime ambiental, e caso seja condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada – PRADE.

Comentários

comentários