PM à paisana é morto a tiros com própria arma após confusão

O soldado da Polícia Militar, Márcio Correia Ferreira de 37 anos morreu por volta das 4h30 desta sexta-feira (30), depois de ser baleado com dois tiros, um deles no coração, durante uma confusão em uma conveniência de Campo Grande.

Policial foi atingido por dois tiros e morreu na UPA (Foto: Marcos Ribeiro/ TV Morena)

Segundo informações do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque), os envolvidos compraram bebiba e foram consumi-la do outro lado da rua. Em meio a bebedeira, as mulheres que acompanhavam o militar e o assassino passaram a discutir. Já os homens, entraram na briga e começaram a lutar.

O Soldado foi rendido e baleado no tórax e na perna com a própria arma. Em seguida, o casal fugi. Já Márcio, soldado desde 2008, chegou a ser socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Leblon, mas não resistiu aos ferimentos.

Policiais fizeram ronda pela região em busca do suspeito. O autor, ainda não identificado pela polícia. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga.

Comentários