PM morre baleado com 20 tiros em assalto na zona norte do Rio

O policial militar Clayton Fagner Alves Dias, 30, morreu na manhã desta quarta-feira (29) depois de ser ferido por mais de 20 tiros durante uma tentativa de assalto na Ilha do Governador, na zona norte do Rio. Ele trabalhava em uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).

De acordo com a Polícia Civil, na noite desta terça-feira (28), Dias dirigia uma moto quando foi abordado por homens armados na estrada do Galeão, principal via de acesso ao aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim.

Ainda não se sabe se o militar teria reagido ao assalto ou se foi identificado como policial pelos criminosos. Depois de ser atingido pelos disparos, Dias foi socorrido e levado para o Hospital da Força Aérea Brasileira, que fica próximo ao local. Ele chegou a ser submetido a uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da capital. A perícia já foi realizada no local.

Durante a tarde desta quarta-feira (29), agentes da Polícia Civil iniciaram diligências em busca de câmeras no perímetro da cena do crime.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora informou que o militar era lotado na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Morro dos Macacos, na zona norte, e estava na corporação desde março de 2012.

Folha.com

Comentários

comentários