Plantio da safra começa hoje ante fim do ‘Vazio sanitário’ que teve 35 infratores em MS

Lúcio Broges

O período estipulado oficial e obrigatório de ‘Vazio sanitário’ em Mato Grosso do Sul para plantio da Soja, que dura praticamente três meses, terminou no último sábado (15), mas com um dado preocupante. O número ainda pode até ser pior, mas até está segunda-feira (17), foram lavrados 35 autos de infração, com produtores que de alguma forma descumpriram a determinação, que há 12 anos tem prazo seguido pelos agricultores do Estado, por medida de defesa sanitária e fiscalizado pela Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro). Contudo, aos que fizeram tudo corretamente, começa ou reabriu a janela para plantio da safra 2018/19.

Conforme, dados da Iagro, dentre os lavrados 35 autos de infração, foram 20 por falta de cadastro e 15 por deixar de destruir plantas voluntárias de soja. As equipes fiscalizaram 931 mil hectares e 3.124 produtores rurais, mas os números devem aumentar nos próximos dias, visto que ainda há fiscais estaduais agropecuários em campo. Para sanar quaisquer dúvidas e prestar mais esclarecimentos a Iagro coloca à disposição do produtor o telefone: 0800 647 2788.

“A Iagro orienta que cumprir o calendário do plantio reduz o uso de fungicidas e a resistência do fungo, por isso a janela de plantio da soja vai de 16 de setembro até 31 de dezembro de 2018. Todos os produtores que cultivam soja devem fazer o cadastro obrigatório até o dia 10 de janeiro de 2019, sendo que quem perder o prazo estará sujeito a multa de 100 Uferms”, aponta direção da Agência.

O período de plantio está previsto na Lei Estadual nº 5.025/2017 e quem descumprir com ele poderá receber multa de 200 Uferms e demais graduações previstas na legislação. Além disso, a mesma lei proíbe o cultivo de soja sobre soja, soja safrinha ou soja de segunda safra no Estado.

Plantio

Mato Grosso do Sul sedia nesta segunda-feira (17.9), a abertura oficial do Plantio de Soja da Safra 2018/2019, que faz parte do projeto Soja Brasil. A solenidade será realizada na Fazenda Jaraguá, município de Terenos, e contará com palestras em volta do tema “Cenário político e os grandes desafios da safra 2018/2019”.

A iniciativa é do Soja Brasil e encabeçada pela Associação do Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS). No dia será divulgada a expectativa de área plantada e produção para a safra 2018/2019.

Comentários