Pit bulls invadem casa, matam outro cão e quase pegam dona de casa

O perigo da raça de cão Pit Bull ficou evidente e foi vivenciada por uma senhora de 51 anos, na noite de ontem (18), no bairro Moreninha IV em Campo Grande. Luzineide Simões Gois Souza, teve a casa invadida por dois cães da raça, que pularam o muro, para atacar o cachorro da casa, que acabou sendo morto pelo ataque dos cães. A mulher que é vizinha dos animais, também quase foi pega com os cães que tentaram avançar na mesma, após matar seu pinscher de estimação.

A moradora na Rua João Adolfo Cintra, da grande Moreninha, região sul da Capital, acabou por registrar um boletim de ocorrência na polícia, para buscar providencias e possível ressarcimento. Ela descreveu que estava na cozinha quando foi surpreendida pelos cachorros já dentro da casa. Eles avançaram no cachorro dela, o matando na hora. Depois os cachorros também tentaram atacá-la, mas ela foi socorrida pelo filho.

De acordo com a vitima, ainda há uma denuncia grave contra os proprietários dos cachorros. “Os Pit bulls são do vizinho ao lado, que deixou o portão aberto, e ainda quando fui reclamar do fato, ele ameaçou dizendo que soltaria os cachorros novamente. Agora, temos que ver se continuaram soltos, pularam mesmo ou até incitados”, declarou Luzinete.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga e será investigado. Luzineide afirma ainda que os mesmos cachorros já mataram e comeram um gato do filho dela. “Eles são treinados para matar animais de pequeno porte”.

Comentários