Pistoleiros abandonam carro em chamas após ataque a ex-motorista de Pavão

Depois de executar o paraguaio Jorge Enrique Fernández (29) em ataque com mais de 100 tiros no centro de Ponta Porã, pistoleiros abandonaram carro utilizado no crime, um Toyota Corolla prata, e incendiaram o veículo a sete quilômetros de Pedro Juan Caballero.

O veículo foi encontrado há cerca de sete quilômetros de Pedro Juan. – Crédito: Divulgação

Segundo informações do jornal ABC Color, testemunhas que presenciaram a execução identificaram o carro dos atiradores com as mesmas características do veículo encontrado em chamas.

Jorge Enrique foi morto ontem à noite após ser alvo de mais de 100 tiros. Ele seguia em uma Toyota Hilux na companhia de Emerson Mereles, que ficou gravemente ferido.

Jorge é apontado como ex-motorista do narcotraficante Jarvis Pavão.

Ainda segundo o ABC Color, fontes na máfia paraguaia afirmam que a ordem do PCC (Primeiro Comando da Capital) é de eliminação de todo bando de Pavão, do qual alguns ainda resistem para o domínio do tráfico na Fronteira.

“Vários homens que ainda respondem a Jarvis estariam armados para tentar resistir na área e que esta situação poderia resultar em confrontos sangrentos em ambos os lados da fronteira”, afirma reportagem paraguaia.

Comentários