Piloto de MS morre e empresário fica ferido em queda de avião

Da Redação/JN

O piloto sul-mato-grossense Márcio Molas Martins, 33, morreu e o empresário Diógenes Toesca de Aquino, 57, sócio de uma empresa em Ponta Porã, ficou gravemente ferido em um acidente de avião. O fato ocorreu na manhã desta quinta-feira (20), na região do Pantanal Mato-grossense.

Conforme o MS em Foco, informações do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) da Força Aérea Brasileira, apontam que a aeronave tinha saído da Fazenda Santa Edwiges, em Rondonópolis e tinha como destino a Fazenda Santa Maria, localizada na cidade de Barão Melgaço também naquele estado.

Ainda não há informações concretas sobre a queda. Após o acidente, Márcio e Diógenes foram socorridos e levados de avião até o Aeroporto Municipal Maestro Marinho Franco, em Rondonópolis. De lá foram encaminhados até o Hospital Regional. Márcio morreu antes de chegar ao hospital e Diógenes está sendo operado.

Ainda segundo o MS em Foco, Diógenes que é proprietário do avião Cirrus SR20 prefixo PR PRF, sofreu politraumatismo e respira por aparelhos. O caso dele é considerado gravíssimo.

Testemunhas disseram que a queda ocorreu na hora da decolagem e os dois foram socorridos por funcionários da fazenda e levados para Rondonópolis, onde uma equipe de resgate avançado do Serviço Móvel de Urgência aguardava as vítimas.

Técnicos do Cenipa devem chegar nesta sexta-feira (21) ao local do acidente para investigar as causas da queda da aeronave.

Comentários