PF faz operação contra contrabando e cumpre 38 mandados em MS,SP e PR

A Polícia Federal realiza uma operação desde a madrugada desta terça-feira (12) para combater o crime de contrabando de cigarros em cidades do norte do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Foram expedidos 38 mandados judiciais, sendo 21 de prisão preventiva e 17 de busca e apreensão. A ação foi batizada de “Pleura”.

Criminosos utilizavam os rios Ivaí e Paraná para escoamento das cargas contrabandeadas (Foto: G1)
Criminosos utilizavam os rios Ivaí e Paraná para escoamento das cargas contrabandeadas (Foto: G1)

No Paraná, os mandados estão sendo cumpridos em Loanda, Querência do Norte e Capanema; em São Paulo, na cidade de Tupã; e em Mato Grosso do Sul, no município de Naviraí. Um médico e um advogado, que moram em Loanda, são considerados líderes do esquema criminoso e foram presos.

Uma família, que reside na mesma região, também atuava intensamente na atividade ilícita, ainda de acordo com as investigações.

Segundo a PF, a quadrilha fazia uso intenso e diário dos rios Paraná e Ivaí, na região de Querência do Norte, no interior do Paraná, para escoamento de cargas contrabandeadas de cigarros paraguaios em embarcações que saíam de Salto del Guairá, no Paraguai.

Ainda de acordo com a PF, o esquema criminoso gerou a criação de uma extensa rede de olheiros, carregadores e batedores que utilizavam armas e lanchas de apoio para viabilizar a atividade em diversas cidades.

O nome da operação “remete à membrana que protege o pulmão – principal órgão responsável pela respiração – em alusão à atividade delituosa enfrentada”, explica a PF.

Comentários

comentários