PF faz operação após denúncia de fraude contra a Caixa

A Polícia Federal (PF) faz nesta quinta-feira (25), em Campo Grande, operação para cumprir três mandados de busca e apreensão contra suspeito que causou prejuízo de cerca de R$ 500 mil à Caixa Econômica Federal.

Objetivo é cumprir três mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a PF, em setembro de 2018, um suspeito passou um cheque de R$ 1,3 milhão e a Caixa disponibilizou parte do valor. Só depois o banco descobriu que o cheque era falsificado.

A PF foi avisada, passou a investigar o caso e pediu à Justiça a autorização para busca e apreensão. O pedido foi aceito, sendo deflagrada a operação Obliteração.

O objetivo dos policiais é localizar outros documentos falsos, objetos e instrumentos utilizados na falsificação (para evitar a prática de novas fraudes) e recuperar valores retirados da Caixa.

O nome da operação faz referência à atuação da Polícia Federal no sentido de obstruir ou obliterar este tipo de prática criminosa.

Comentários