Pesquisa revela que 60% dos sul-mato-grossenses estão acima do peso

Uma rede de farmácia no Estado realizou em 17 municípios de MS uma pesquisa que revelou que 61,1% da população, mais da metade, apresentam sobrepeso e obesidade.

A pesquisa desenvolvida em parceria com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) foi realizada nos municípios de Campo Grande, Corumbá, Dourados, Sidrolândia, Três Lagoas, Cassilândia, Maracaju, Jardim, Aquidauana, Chapadão do Sul, Rio Brilhante, Ponta Porã, Naviraí, São Gabriel do Oeste, Amambai e Costa Rica.

Segundo o levantamento, 458 pessoas possuem algum tipo de alteração metabólica e 30,3% dos participantes estão com a circunferência abdominal elevada.

Situação que pode ser mudada também pela atividade física que é um caminho para o emagrecimento.

Para a nutricionista funcional Ticiane Croda, mudar este cenário depende muito da força de vontade individual.

“Muitas pessoas associam a boa alimentação a produtos caros, porém, é apenas questão de disciplina e organização. Além disso, é preciso ter um bom acompanhamento profissional e ingerir muito líquido, pelo menos dois litros de água ao dia”, disse.

Comentários