Pesquisa Ibrape mostra disputa acirrada pela duas vagas do Senado

A pesquisa Ibrape para o Senado confirma a liderança do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PTB), mas deixa embolada a disputa pelas vagas depois da entrada do ex-senador Delcídio do Amaral (PTC). Tanto a primeira como a segunda posição, que é ocupada pelo deputado federal e ex-governador, Zeca do PT, estão ameaçadas. No pleito deste domingo, o eleitor terá de votar em dois candidatos a senador por Estado.

Os três primeiros na corrida para o Senado estão tecnicamente empatados

O cenário hoje mostra Nelsinho na frente, com 28% das intenções de voto. Em seguida vem Zeca do PT, com 26%. Moka está em terceiro lugar, mas tecnicamente empatado com os líderes, com 25%.

Delcídio em quinze dias de corrida eleitoral por uma das vagas de senador aparece com 18%, Marcelo Migliolli 16% Soraia Thronicke 14% e o Promotor Sérgio Harfouche 10% .

Num pelotão mais abaixo estão Anísio Guató 2% Gilmar da Cruz 2% Beto Figueiró 2% Betine 1% Mario Fonseca 1% Thiago Freitas 1%

O levantamento indica, ainda, 17% dos eleitores com a intenção de anular ou votar em branco, bem como não apoiar nenhum dos candidatos apontados. Não sabe e não respondeu somam 37%.

Esse levantamento foi realizado pelo Ibrape nos 29 a 30 de setembro. Como a margem de erro de 3 pontos porcentuais o levantamento foi feito em 37 municipios distribuídos por 8 regioes geográficas do estado.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) sob o número MS-07828/2018, conforme dispõe da Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) número

Comentários