Pesquisa estima que Gabigol tenha suado 14 mil litros até a conquista da Libertadores

Lancepress/JP

Gabigol marcou os dois gols do Flamengo na final contra o River Plate e foi o artilheiro da Libertadores (Foto: LUKA GONZALES / AFP)

Depois de ver uma campanha publicitária de 2013 resgatada nas redes sociais por influenciadores digitais da torcida do Flamengo, Gabigol e Gatorade se juntaram em ação no Twitter que celebra a grande ascensão do craque até a conquista da Libertadores. A marca de isotônicos, patrocinadora da competição sul-americana, estima que o atacante teve de suar cerca de 14 mil litros em toda a sua carreira até brilhar pelo Rubro-Negro na vitória contra o River Plate.

No vídeo 11 mil litros de Gatorade, veiculado há seis anos no Youtube, a marca explicava que um atleta precisa suar a camisa para ser jogador profissional. Segundo a campanha, estudos apontavam que é preciso treinar cerca de 10 mil horas para atingir excelência na atividade. Treinando esse período relativo ao estudo, um atleta precisaria sua 11 mil litros para atingir esse patamar.

Em 2013, com apenas 16 anos, quando começou a ser patrocinado pela marca, Gabigol já havia suado sete mil litros. Ou seja, para chegar ao auge, faltavam quatro mil litros. Recentemente, o vídeo foi resgatado por torcedores rubro-negros na internet, pedindo que a marca atualizasse o conteúdo.

O contrato entre Gatorade e o jogador terminou no fim do ano passado, depois de cinco anos de parceria. Porém, a marca e o atacante resolveram responder aos torcedores com uma atualização sobre os cálculos ao descobrirem que ele suou muito mais do que os 11 mil litros estimados para que alcançasse a excelência. Ao todo, foram cerca de 14 mil litros.

Comentários