Pescador é preso pela segunda vez e multado em R$ 5,6 mil por pesca ilegal

O veículo que o infrator conduzia também foi apreendido; os peixes serão doados (Foto: Divulgação)

Um pescador, de 32 anos, foi preso nesta segunda-feira (19), pela segunda vez, por pescar durante a Piracema, próximo ao assentamento Sobradinho, no município de Nioaque, a 180 quilômetros de Campo Grande. O infrator foi flagrado com 32 quilos de pescado ilegal. Além de preso, ele foi multado em R$ 5,6 mil.

De acordo com Policiais Militares Ambientais, o pescado apresentava sinais de captura por rede de pesca. O pescador, residente em Guia Lopes da Laguna, foi conduzido, juntamente com os peixes e o veículo à delegacia da Polícia Civil de Nioaque.

O homem foi autuado por crime ambiental de pesca predatória. Ele também foi multado e pode pegar pena de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Primeira prisão – No dia 8 de novembro, já no período de Piracema, o infrator foi preso, quando iniciava uma pescaria com petrecho proibido no rio Miranda.

Comentários