Perseguição e troca de tiros termina com veículos recuperados

Perseguição policial seguida de troca de tiros com criminosos terminou com dois veículos tomados em assaltos na noite de terça-feira (16/10), em Dourados, recuperados. A ação teve início na BR-163 e terminou na região conhecida como ‘matinha’, na BR-463, rodovia que liga o município à região de fronteira.

Caminhonete tomada em assalto foi recuperada – Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Segundo o Dourados News, os bandidos não foram presos e a operação envolveu policiais civis, militares e equipe da Guarda Municipal.

Tudo começou por volta das 17h, quando uma motorista de aplicativo de 45 anos teve o Citroen C3, placas NRH-8895, roubado durante corrida. Ela foi contratada ‘por fora’ e ao levar o suposto cliente até a região próxima ao Residencial Bonanza, acabou rendida.

A vítima foi deixada às margens da BR-463 e horas depois conseguiu contato com a polícia, que passou a investigar o caso.

Horas depois, por volta das 21h30, na rua Maria de Carvalho, antiga W-6, no Jardim Água Boa, homem de 47 anos chegava numa Yamaha Lander nas cores branca e azul e foi rendido por dois criminosos armados, levando dele o veículo.

Um pouco mais tarde, às 22h, no cruzamento das ruas Luiz Egídio Cerqueira César com a Mozart Calheiros, no bairro Izidro Pedroso, vítima estacionava a Toyota Hilux e a mesma dupla o abordou e exigiu a entrega do utilitário.

Com os dois veículos, a dupla fugiu e na BR-163, próximo ao trevo de acesso ao DOF (Departamento de Operação de Fronteiras) policiais civis que faziam diligência em busca do Citroen, avistaram os suspeitos em alta velocidade. Em seguida, o rádio anunciou os assaltos.

A perseguição teve início e outras equipes de segurança pública foram acionadas para dar suporte.

Durante parte do trajeto, já na BR-463, houve troca de tiros entre as partes.

Na região conhecida como ‘matinha’, os bandidos diminuíram a velocidade da moto e da caminhonete e saltaram dos veículos em movimento às margens da rodovia.

Diligências foram realizadas na região, mas, nenhum dos suspeitos encontrado. Os casos são investigados. O Citroen ainda não foi localizado.

Comentários