Perícia identifica pelas digitais homem encontrado morto em Rio Verde

Através das impressões digitais, peritos papiloscopistas do Núcleo Regional de Perícias de Coxim, identificaram o homem encontrado morto na manhã da última sexta-feira (29), às margens da BR-163 no quilômetro 698, próximo ao Córrego Riacho Claro, em Rio Verde.

Foto: Pc de Souza
Foto: Pc de Souza

Gileno Alexandre de Melo, de 36 anos, era natural de Mato Grosso e teria sido assassinado com golpes de facão, na parte superior da cabeça, na região da nuca e pescoço. O autor do crime ainda não foi identificado.

O facão que teria sido usado para matar Melo, foi encontrado jogado próximo ao corpo e apreendido pela polícia.

O Delegado Eder Oliveira Moraes, da delegacia de Rio Verde segue nas investigações sobre o caso.

Comentários

comentários