“Penso que tudo é possível, mas é preciso analisar o cenário” diz Rinaldo sobre próximas eleições

Nádia Nicolau

O entrevistado de hoje (18) do programa Tribuna Livre, da Rádio Capital (95 FM), foi o deputado estadual professor Rinaldo Modesto (PSDB). Entre os assuntos destacados, o parlamentar fez uma avaliação sobre os 100 dias de governo estadual, falou de segurança pública e comentou as eleições 2020.

Deputado Estadual Professor Rinaldo em entrevista ao Tribuna Livre.

“O momento é muito difícil e, mesmo com todas as adversidades, Mato Grosso do Sul conseguiu ser referência para outros estados”, disse Rinaldo. O deputado também destacou que o estado registrou ampla geração de empregos, e ressaltou os altos índices de elucidação de crimes, inclusive nas regiões de fronteira.

De acordo com Rinaldo, a administração pública atual diminuiu de 15 para 10 secretarias, no sentido de reduzir gastos. “O governo tem pulso firme, e com apoio, já teve sucesso em algumas ações, como a reforma da Previdência. Fizemos o nosso papel, muitos agora têm essa consciência, até a oposição”, declarou.

No cenário nacional, ao mencionar as atuações do presidente da república, Rinaldo disse que escolheu “a esperança, mesmo não concordando com algumas coisas de Jair Bolsonaro”.

PDV e restituição da jornada integral de trabalho

O Programa de Desligamento Voluntário já foi decretado pelo governador Reinaldo Azambuja, assim como as volta das oito horas de trabalho dos servidores estaduais que, inclusive, começa a valer no dia 1º de julho/2019. “É algo que precisamos nos adequar. Ao prestar o concurso público já é de conhecimento que a carga horária de trabalho é de 40h”.

Para o deputado Rinaldo Modesto, aquele que depende integralmente do serviço público deve fazer uma análise introspectiva antes de tomar sua decisão para não ter arrependimento. Segundo o parlamentar, o retorno das 40 horas semanais de trabalho foi pensado para priorizar os atendimentos aos cidadãos.

As eleições de 2020

“É preciso cautela. A disputa é salutar desde que seja saudável. Penso que tudo que é possível, mas é preciso analisar os cenários, o processo é muito dinâmico”, disse Reinaldo sobre especulações relacionadas às próximas eleições. Ele afirmou que ainda é muito cedo para se falar nisso e que as pesquisas precisam ser analisadas.

Comentários