Pela 7ª vez seguida, seleção masculina é finalista no handebol

Para o Chile valia a chance de continuar sonhando com a vaga na Rio-2016. Para o Brasil, a oportunidade de ainda recuperar o título do Pan, perdido para a Argentina há quatro anos.

O campeão do Pan garante vaga na Olimpíada do Rio de 2016; o Brasil, por ser país-sede, já está classificado Foto: Harry How / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
O campeão do Pan garante vaga na Olimpíada do Rio de 2016; o Brasil, por ser país-sede, já está classificado Foto: Harry How / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

Com propósitos diferentes em Toronto, os brasileiros venceram os chilenos na semifinal desta quinta-feira (23), por 34 a 24 e, agora, espera o vencedor de Uruguai e Argentina na decisão deste sábado.

O campeão do Pan garante vaga na Olimpíada do Rio. Como o Brasil já está classificado para os Jogos de 2016, a vaga ficará com o outro finalista.

O Chile ainda tem uma última chance de estar no Rio, classificando-se no dificílimo pré-olímpico mundial, repleto de europeus, no primeiro semestre do ano que vem.

Já o Brasil, bicampeão no Pan (2003 e 2007), vai em busca do título que perdeu em Guadalajara-2011. Além da derrota para os argentinos na final, há quatro anos, os brasileiros perderam também a vaga em Londres-2012, pois não conseguiram a classificação no pré-olímpico.

Oito dos 14 atletas desta seleção de Toronto estavam na derrota final em Guadalajara.

Esta será a sétima decisão seguida do Brasil nos Jogos Pan-Americanos. Perdeu três para Cuba e uma para a Argentina, contra quem ganhou seus dois títulos.

INÍCIO COMPLICADO E SÓ

O jogo contra o Chile, nesta quinta, começou com muitas dificuldades para o Brasil. A seleção ficou à frente do placar pela primeira vez apenas após 10 minutos do primeiro tempo, com destaque para as atuações de Thiagus Petrus, Oswaldo Guimarães e Vinícius Teixeira.

Partida muito parecida à do Mundial do Qatar, em janeiro deste ano, quando o Brasil venceu o Chile por 30 a 22, ainda na fase de grupo. Mas, naquele dia, os brasileiros fizeram sua pior partida no Mundial e terminou o primeiro tempo perdendo por 13 a 12.

Alçado a terceira força do continente na última década, atrás também da Argentina, o Chile nunca venceu o Brasil em grandes competições.

Folha.com

Comentários

comentários