Pela 16ª vez, Bonito é eleito melhor destino de ecoturismo do Brasil

Da Redação

Flutuação em águas cristalinas (Foto: Divulgação)

Pela 16ª vez Bonito é eleito o “Melhor Destino de Ecoturismo” do Brasil, prêmio da revista especializada Viagem e Turismo. Dessas premiações, o destino não participou apenas da primeira edição e por 14 anos consecutivos foi o vencedor na categoria. A região Bonito-Serra da Bodoquena tem o turismo como principal atividade econômica e é comprometido com a busca constante de interferência mínima na natureza.

Para o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur), Bruno Wendling, esta é uma conquista do trade turístico. “Esse prêmio é resultado da profissionalização do trade. A região de Bonito – Serra da Bodoquena continua sendo o melhor destino de ecoturismo do país pelas boas práticas adotadas pelo destino e pela capacidade que ele tem de manter a conservação dos seus atrativos naturais. Ficamos muito felizes que a imagem do Mato Grosso do Sul está cada vez mais em evidência e consolidada no mercado nacional e internacional. Esta semana, por exemplo, Bonito foi destaque da Embratur na feira internacional New York Times Travel Show, uma das mais importantes das Américas e isso é também resultado de muito trabalho. Bonito e região estão de parabéns”, enaltece.

Há 18 anos o “Melhor de Viagem e Turismo 2019/2020” se mantém como um dos mais relevantes prêmios do turismo brasileiro. A escolha do melhor de cada categoria, que contempla destinos, produtos e serviços relacionados ao setor de viagem e turismo tanto nacionais quanto internacionais é feita pelo público leitor e júri especializado da revista, publicada pela Editora Abril.

Turismo Responsável

Localizado há cerca de 280 km de Campo Grande, Bonito se tornou referência mundial em turismo responsável e sustentável. Considerado polo de ecoturismo, o município destaca-se como o principal da região Bonito – Serra da Bodoquena, que é destino de ecoturismo e turismo de aventura. Suas principais atrações são as paisagens naturais, as flutuações e mergulhos em rios de águas cristalinas, cachoeiras, grutas, cavernas e dolinas.

A preservação ambiental, a gestão pública focada na sustentabilidade e a capacidade de carga controlada são destaques do destino. O voucher único, sistema desenvolvido pelo município de Bonito para monitoramento da capacidade de carga e que é modelo no mundo todo, é um dos responsáveis pela organização da atividade aliado à profissionalização da gestão e equipamentos turísticos.

Comentários