Pedro Chaves destaca inovações da MP da Reforma do Ensino Médio

A um dia da votação da MP 746/2016, da Reforma do Ensino Médio, aprovada ontem, na Câmara dos Deputados, o relator senador Pedro Chaves (PSC-MS), proferiu palestra, nesta quarta-feira (14) em Brasília, a convite da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES).

Foto : Luciana de Novaes

“Hoje, tive o prazer de participar do Seminário da ANDIFES com professores, reitores de universidades federais, pró-reitores e coordenadores de todo o País. Foi uma discussão muito rica em que coloquei as modificações na MP 746/2016, com a inclusão de filosofia e sociologia. Mostramos que a reforma do ensino médio é imperativa, cuja necessidade é reconhecida tanto pela situação quanto pela oposição no Parlamento. A reforma do ensino médio traduz a necessidade desta mudança, principalmente diante das últimas avaliações do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), bem como do Programme for International Student Assessment (Pisa), que aponta o Brasil nas últimas colocações” disse Pedro Chaves.

Dentre as inovações que a MP traz ao novo ensino médio Pedro Chaves destaca o protagonismo do aluno. “A preocupação com a impossibilidade da presença do aluno na sala de aula pode ser compensada com pesquisas inovadoras valendo créditos, como em um banco de horas. Por exemplo, o professor passa um elenco de temas para o desenvolvimento de uma pesquisa que corresponda a um crédito equivalente a x horas/aula, ou uma pesquisa de maior complexidade que corresponda a 2 créditos equivalentes a 2x horas/aula, e assim por diante. A ideia favorece alunos que trabalham ou que não podem cumprir presença na sala de aula em tempo integral, inclusive por motivos religiosos”, concluiu o senador.

Comentários