Pedra fala sobre o andamento da operação tapa buraco e faz previsões para 2016

Paulo Pedra, Secretário Municipal de Governo. (Foto:Paulo Francis)
Paulo Pedra, Secretário Municipal de Governo. (Foto:Paulo Francis)

O secretário Municipal de Governo de Campo Grande, Vereador Paulo Pedra(PDT), esteve na tarde desta quarta-feira (2), no estúdio da Página Brazil para prestar esclarecimentos sobre o andamento da operação tapa-buracos, entre outros assuntos relacionados a Capital.

Segundo o secretário, as operações tapa buraco serão constantes nesse período de chuva, devido fato de tapar os mesmos e outros reabrirem nesta época do ano, outra questão é que muitos buracos foram tampados de forma inadequada.

“Nós vamos nos preparar para no ano que vem fazer um recapeamento em varias vias, pois foi uma determinação do prefeito de investir mais em recapeamento do que em operação tapa buraco. Nos estamos preparando financeiramente para termos recursos de que isso possa acontecer em 2016”, afirma.

Em relação as denuncias do prefeito Alcides Bernal de que pessoas estariam reabrindo buracos já tapados, Pedra conta que o que ocorreu foi uma denuncia de um cidadão que estava indo para sua casa no final da tarde, e viu todos os buracos tampados, porem no outro dia pela manha ao ir para o trabalho, avistou 3 buracos abertos no mesmo local. O vereador destaca que ainda não há uma confirmação sobre o ocorrido, mas considera o fato inadmissível e caso segue em investigação.

De acordo com Paulo Pedra, o prefeito Alcides Bernal determinou que se gaste de 2 a 3 Milhões de Reais em serviços de tapa buraco, para que no ano que vem possa fazer o recapeamento de varias vias, visto que o asfalto de Campo Grande é muito antigo e de péssima qualidade.

Sobre a questão do dialogo entre a prefeitura municipal a câmara de Campo Grande, Pedra afirma que o prefeito está de porta abertas para receber os vereadores de maneira republicana.

“O prefeito ja foi na prefeitura 6 vezes para conversar com os vereadores, levar os projetos não de interesse do prefeito, mas sim da cidade, e não está havendo por parte de uma minoria de vereadores da câmara essa disposição. Nós até admitimos que alguns vereadores façam oposição a nossa administração, o que não pode é vereadores fazerem oposição a cidade. Os projetos que estão na câmara são de extrema importância para a população e nós esperamos que a câmara aprove”, alega o secretário.

Sobre o pagamento do 13€ salario dos servidores, Pedra diz que espera que a câmara aprove um projeto de pagamento de impostos, com incentivos na diminuição da carga tributaria para que a prefeitura possa horar e fazer o pagamento aos servidores integralmente.

Para o ano de 2016 a previsão de varias obras, como reviva centro, asfaltamento de alguns bairros através do PAC(Programa de Aceleração do Crescimento), entrega de Ceinfs e Unidades Básicas de Saúde.

“Nós temos muito otimismo de que o ano que vem Campo Grande terá e será um canteiro de obras, onde o prefeito Alcides Bernal está com muito cuidado, com eficiência administrativa cuidando dos recurso para que no ano que vem nos tenhamos condições de fazer obras que a população de Campo Grande merece”, finaliza.

 Paulo Francis

Comentários

comentários