Pecuarista é multado em R$ 15 mil por desmatar área para plantio de mandioca

Árvores  foram arrancadas e amontoadas no local (Foto: Divulgação)

Um fazendeiro, de 64 anos, foi autuado administrativamente e multado em R$ 15 mil, por desmatar cerca de 14 hectares para cultivo de mandioca. O pecuarista é residente em Jaguariúna (SP), mas tem propriedade rural em Anaurilândia, a 370 quilômetros de Campo Grande.

Durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município de Anaurilândia, a Polícia Militar Ambiental do Grupamento de Porto Primavera, localizado no município, autuaram o pecuarista por desmatamento ilegal nesta terça-feira (13).

O proprietário da fazenda alegou que o desmatamento ocorreu há algum tempo e que não possuía autorização para a atividade. Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 15 mil. O infrator também responderá por crime ambiental, onde pode pegar a pena de três a seis meses de detenção. O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada (PRADE), junto ao órgão ambiental.

Comentários