Pecuarista é multado em R$ 10 mil por construir dique

Foto: divulgação PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou um pecuarista em R$ 10 mil por construir um “dique” sem a autorização necessária em uma propriedade na região do Pantanal do Nabileque, em Corumbá –a 417 km de Campo Grande. O flagrante da irregularidade foi feito na manhã de quinta-feira (12).

Segundo a PMA, ele construiu um aterro de argila e areia para uma barragem com 6,1 km de extensão, por 1,6 metro de altura e 2,5 metros de largura, degradando a vegetação.

O proprietário da fazenda, que reside em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, responderá por crime ambiental por manter atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. Se condenado judicialmente, o pecuarista poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção.

Dique é um método utilizado com a finalidade de manter determinadas porções de terra secas por meio do represamento de águas correntes.

Esse método é muito utilizado em propriedades rurais para escoar o excesso de água, evitando o represamento em determinadas áreas.

Comentários