PC descobre ‘comerciante’ receptador no centro da Capital e recupera diversos produtos

Lúcio Borges

Foto: divulgação PC-MS

A PC-MS (Polícia Civil de MS) na Capital descobre possível receptador e recuperou dezenas de objetos com suspeita de serem produtos de furto. Os produtos estavam em uma loja na região central de Campo Grande, que levou ao indiciamento do suspeito e acusado receptador. A ação ocorreu nesta quinta-feira (26), com trabalho da 1ª DPC (Primeira Delegacia de Polícia Civil), que recuperou vários produtos de pequeno a grandes itens, como televisores de diversas qualidades.

Conforme informações a delegacia recebeu algumas denúncias de que um comerciante estaria receptando objetos em troca de drogas. Assim, foi programada e realizada ontem ação, que agentes vistoriaram uma loja de “materiais usados” na região da Rua Marechal Rondon. No endereço foi confirmada  os fatos e até colhidas provas, que levaram ao crime de receptação do comerciante, que ainda não teve nome divulgado.

“No local foram apreendidos vários objetos suspeitos de serem produtos de furto, sendo alguns deles confirmados através do sistema utilizado pela Polícia Civil, caracterizando-se então a receptação”, apontou delegado do 1ª DP.

Dentre os objetos, existem TV’s, Notebooks, celulares, relógios, bijuterias, matérias cosméticos, perfumes, desodorantes, e várias maquinas usadas em obras, como furadeiras, cortadeiras e lixadeiras.

Donos podem buscar objetos com provas

A polícia menciona que quem observar alguns dos objetos na foto e ou foi assaltado e teve objetos furtados, podem ir até a delegacia para verificar se não é dono de algo. Contudo, tme que ir munido de comprovante dos pertences. “A 1ª DP esclarece que, em reconhecendo algum dos objetos, o cidadão deve comparecer a DP munido de ‘comprovantes de propriedade’ para que seja ressarcido de seu  objeto”, aponta delegado.

A Primeira Delegacia, é situada na Rua Padre João Crippa, nº 1581, piso superior da Depac-Centro

 

Comentários