PC procura jovem identificado por 2º homicídio, mas que conseguiu fugir

Lúcio Borges

O jovem Cassio Reis de Souza, 28 anos, está sendo procurado pela PC-MS (Polícia Civil de MS) em Três Lagoas, ou pelo Estado, sendo novamente acusado por homicídio. Souza, tem o novo crime realizado recentemente, no último domingo (15), onde matou Cezar Luiz de Oliveira, 55 anos, no Bairro Paranapungá, no município no Leste de Mato Grosso do Sul, a  250 km de Campo Grande.

Conforme o SIG (Setor de Investigações Gerais), com apoio do Serviço Reservado da Polícia Militar, conseguiu esclarecer e identificar o autor da morte de Cezar, que é atual convivente da ex-mulher da vítima. Conforme boletim de ocorrência, a vitima teria se envolvido em uma briga, e durante a confusão, foi morto por Cassio, que fugiu em uma S10, logo após o crime.  Cezar foi morto com pelo menos seis tiros a queima roupa, e um deles acertou a cabeça da vítima.

As investigações apontam que Cezar teria ido à casa de suas 2 filhas, acompanhado de outras pessoas as quais teriam alugado alguns quartinhos que ficam nos fundos da residência. A situação irritou as filhas, o que gerou uma briga generalizada. Diante da situação, Cassio foi chamado para ir até o local, e quando tudo já havia terminado, esperou que a vítima fosse até o veículo dela, que estava estacionado nas proximidades, e efetuou os disparos que mataram Cezar.

Após o crime, Cassio fugiu do local e não foi mais encontrado. E durante as diligências contra o homicida, foi identificado que outro jovem, Kaio Nunes Mariano Reis, 24 anos, auxiliou o jovem, no momento da fuga. Assim, este responderá por crime de Favorecimento Pessoal.

Crime antigo

Ainda, foi apurado durante as investigações, que Cassio, no ano de 2013, praticou outro homicídio, cuja vítima foi o pedreiro José Souza Rodrigues, que trabalhava para o autor. Os registros apontam que após uma discussão entre ambos, Cassio efetuou vários disparos também na cabeça de José, o qual, assim como Cezar, veio a falecer ainda no local.

Por esse primeiro crime de homicídio Cassio responde a processo junto à 1ª Vara Criminal local e será levado a julgamento perante o Tribunal do Júri.

Comentários