PC descobre desvio de combustíveis no MS com quatro presos pelo esquema

Lúcio Borges

Um esquema de desvio de combustíveis de uma empresa transportadora de Campo Grande, foi descoberto pela Policia Civil, que barrou a ação e deve finalizar o roubo com a prisão de quatro participantes da quadrilha. O ato da polícia com o desfecho das prisões aconteceu na última quinta-feira (11), mas apenas divulgado hoje. Foram detidos Valdeci Duarte Pacheco, que é morador de Nova Alvorada do Sul, como também o trio de motoristas da Capital, Roberto Carlos Silva Queiroz, Wilson Cardoso dos Santos, e, Carlos Antonio Bonfim. Os três eram funcionários de uma das empresas vitimas do golpe, pois há indícios que muitas outras também entravam no roubo.

O caso se iniciou em investigação da Defron, após a delegacia receber denúncias de que na rodovia BR-267, entre o município de Nova Alvora do Sul e o distrito de Casa Verde, de Nova Andradina, estariam sendo feitos carregamentos de drogas em caminhões do Tipo Tanque. Assim, agentes de combate ao trafico foram realizar diligências pela região, onde os policiais identificaram um ponto localizado no KM 228 da rodovia, conhecido como Lanchonete Café e Cia. Contudo, no local havia um constante movimento, mas somente do tipo de caminhão (tanque), o que levou a suspeita da equipe.

Contudo, a Defron continuou no processo de monitoramento, que levou a verificação que durante o período noturno, e em uma data especifica, se pegou três caminhões tanques de uma empresa de transporte de combustíveis parando em um pátio aos fundos da lanchonete. E no período em que ficaram neste local os policiais observaram que os três motoristas mexeram nos tanques das suas respectivas carretas, bem como manuseavam galões de acondicionar combustível. Assim, foi realizado a abordagem aos motoristas, tendo sido encontrado no caminhão dos mesmos alguns galões contendo combustível que fora retirado das respectivas carretas.

A fiscalização pelo monitoramento, fizeram os policiais notaram ainda uma movimentação de um dos motoristas que se dirigiu até uma residência que fica nos fundos do pátio. Após a abordagem dos veículos, os policiais foram até essa residência e encontraram diversos galões de combustíveis espelhados pelo quintal, bem como uma bomba improvisada para realizar o manejo dos combustíveis entre galões.  “Neste momento foi dado voz de prisão a Valdeci, que confessou que há anos compra de forma clandestina o combustível desviado de diversos caminhoneiros naquele local”, apontou anuncio da PC-MS.

Quantia encontrada durante a prisão

Na residência foram aprendidos diversos galões de combustíveis que totalizaram 1.365 litros, além de mais 200 litros de combustíveis apreendido em posse dos motoristas dos caminhões tanques.

Valdeci, 54 anos, foi preso e indiciado por receptação e associação criminosa. Já os motoristas Roberto, 49 anos, Wilson, 39, e, Carlos, 50 anos, estão acusados por furto qualificado e associação criminosa e todos serão encaminhados a uma cela do 1° Distrito Policial onde ficarão à disposição da justiça.

Segundo informações levantadas junto à empresa transportadora na qual os motoristas presos trabalhavam, após auditoria verificou-se que o trio nos últimos 60 dias desviou mais de 7.000 (sete mil) litros de combustíveis

Comentários