Pauta da AL tem proibição de celulares em UTI’s neonatais para analise hoje

Lúcio Borges

Por unanimidade, os deputados aprovaram a indicação de Youssif Domingos à Agepan

A AL-MS (Assembleia Legislativa de MS) tem em pauta nesta quinta-feira (11), na Ordem do Dia, quatro proposições previstas para apreciação dos deputados estaduais. Contudo, apenas um dos PLs (Projeto de Lei) tem conteúdo e relevância para a sociedade na pratica, ainda mais sendo na área da Saúde. A proposta versa na proibição de celulares em UTI’s neonatais de todos os hospitais do Estado.

A ação proibitiva entra em 1ª discussão, com parecer favorável da CCJR, pelo PL 030/2017, do deputado estadual Marcio Fernandes (PMDB), que dispõe sobre a utilização de aparelho celular em UTI’s neonatais em âmbito estadual.

Já em discussão única, com parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), o Projeto de Lei (PL) 003/2017, de autoria do deputado João Grandão (PT), líder do partido na Casa de Leis, que declara de Utilidade Pública Estadual o Rotary Club de Itaporã-MS.

Também em discussão única, e com parecer favorável da CCJR, o Projeto de Lei (PL) 075/2017, do deputado Coronel David (PSC), que dá denominação de Capitão QOPM Onderson Roberto Winckler ao prédio da sede do 3º Batalhão de Polícia Militar de Dourados-MS.

Em 2ª discussão, com parecer favorável da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, o PL 023/2017, de autoria do deputado Felipe Orro (PSDB), 3º secretário do parlamento estadual, que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado de Mato Grosso do Sul, a Festa do Sereno, de Batayporã-MS.

Comentários