Passe de ônibus sobe para R$ 3,53 após validação do TCE

Passagem ainda custa R$ 3,25 e só sofrerá mudanças após comunicado oficial da prefeitura (Foto: Divulgação)

O TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) validou o reajuste de 8,6%, decretado pelo prefeito Alcides Bernal (PP) no último dia 02. A partir desta circunstância, o passe que custa R$ 3,25, passará a custar R$ 3,53. A data de quando o novo valor entrará em vigor deve ser divulgada pela prefeitura.

O aumento da passagem havia sido barrado pelo conselheiro Ronaldo Chadid, então vice-presidente do Tribunal de Contas, no mesmo dia em que o decreto foi publicado. Chadid encontrou uma incoerência no contrato de concessão, considerando-o ilegal.

Descontente, a prefeitura enviou documentos ao TCE, justificando que o reajuste está dentro das normas. Uma equipe do tribunal analisou a ‘papelada’ e concluiu que os cálculos estão dentro da legalidade.

Contrariedade

A Agereg (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos e Delegados) havia calculado um reajuste de 9,5% no valor do passe, contabilizando um total de R$ 3,56.

 

 

 

 

Comentários