Passageiros de avião sequestrado na Líbia são liberados em Malta

Pessoas desembarcam do Airbus A320 da companhia aérea líbia Afriqiyah Airways sequestrado na Líbia e forçado a pousar na ilha de Malta nesta sexta-feira (23) (Foto: Darrin Zamit-Lup/Reuters/Via G1)

Todos os passageiros do avião sequestrado na Líbia e forçado a pousar na ilha de Malta nesta sexta-feira (23) foram liberados e os sequestradores foram rendidos, informou o primeiro-ministro maltês, Joseph Muscat.

De acordo com ele, o Airbus A320 da companhia aérea estatal líbia Afriqiyah Airways levava ao todo 111 passageiros (82 homens, 28 mulheres e uma criança). A agência de notícais France Presse citou ainda que havia mais sete tripulantes.

De acordo com a AFP, os dois sequestradores são partidários do antigo regime de Muammar Kaddafi e pedem asilo político na ilha Mediterrânea, informou um ministro líbio.

O ministro das Relações Exteriores do Governo de Unidade Nacional (GNA), Taher Siala, disse que eles também querem anunciar a criação de um partido político pró-Kaddafi.

Mais cedo, no Twitter, o primeiro-ministro de Malta contabilizou que 109 haviam sido liberados primeiro. Não está claro se os outros dois não liberados de início são de fato os sequestradores.

Comentários