Paratleta de Santos bate recorde mundial no arremesso de peso

Gazeta Esportiva.com

Elizabeth Gomes bateu novo recorde mundial (Foto: Leandro Martins/CPB/Mpix)

Elizabeth Gomes fez história neste sábado. Na primeira etapa nacional do Circuito Loterias Caixa de atletismo, a santista bateu por muito o recorde mundial no arremesso de peso da classe F52: 7m41, superando a antiga marca de Cassie Mitchell, dos Estados Unidos, com 6m14.

“Ainda estou em fase de readaptação no arremesso depois do avanço da esclerose, e estou muito feliz por ter conseguido fazer essa marca, ter batido o recorde mundial. Agradeço a toda minha comissão técnica”, comemorou a paratleta.

Elizabeth Gomes também quebrou outro recorde na competição que acontece no Centro de Treinamentos Paralímpico, em São Paulo. A atleta de Santos realizou marca de 16m44 no lançamento de disco, desbancando a  tcheca Martina Kniezkova, que havia feito 15m28 nos Jogos de Atenas, em 2004.

Após ser diagnosticada com esclerose múltipla aos 27 anos, Beth, como é conhecida, passou pelo basquete em cadeiras de rodas antes de escolher o atletismo. Aos 53 anos, em novembro de 2017, após uma piora na sua condição, sofreu uma lesão no lado esquerdo do corpo – que utiliza para arremessar – e passou por adaptações, indo da classe F55 para a F52.

Quem também roubou a cena no Circuito Loterias Caixa de atletismo foi André Rocha, da classe F53. Superando a própria marca no arremesso de peso e estabelecendo um novo recorde mundial, o brasileiro fez marca de 8m81. “Nos treinos essa marca já tinha saído, então o nosso objetivo já era bater esse recorde e deu certo. Agora só esperar as provas internacionais deste ano, que são os dois Grand Prix, um na França e outro na Alemanha, em junho”, comentou.

Ainda neste sábado, oito recordes brasileiros foram quebrados, além de três recordes das américas: Suzana Nahirnei (F46), APESBLU, no arremesso de peso, com 10m06; Jair Henrique Souza (F40), APC, no lançamento de dardo, com 32m77;e Fábio Bordignon (T35), ANDEF, nos 400m, ao finalizar a prova em 1m02s11.

Comentários

comentários