Paraguaios mortos em Ponta Porã revelariam envolvidos no assassinato de Oscar Goldini

Os paraguaios Luis Alberto Rojas, 25 anos, e Jorge Augusto Sanchez Zaracho, encontrados mortos na sexta-feira (18), com cadeados na boca em Ponta Porã, podem ter sido mortos por saberem quem matou o ex-prefeito da cidade e ex-deputado estadual e federal, Oscar Goldoni.

18cadeado

Segundo o site Conesul News, as vítimas iriam até a delegacia para revelar os nomes dos envolvidos na morte de Goldini. A dupla era envolvida com o narcotráfico e e há suspeita de que eram membros do PCC.

A polícia ainda não identificou o autor do assassinato dos paraguaios.

Comentários

comentários