Paraguai conta com falha incrível de goleiro e vence a Jamaica

Gol de Benítez, que garantiu os três pontos para os paraguaios, nasceu de saída desastrada do goleiro jamaicano Kerr. Com quatro pontos seleção guarani está numa boa

O time dos “Reggae Boyz” é fraquinho. A habilidade passou ao largo da ilha do Caribe. Criou apenas duas oportunidades em mais de 90 minutos. O do Paraguai é evidentemente superior. Mas para não dizer que é preguiçoso, não mostrou lá muita ambição.

Jogadores paraguaios comemoram vitória sobre a Jamaica (Foto:Yuri Cortez/AFP)
Jogadores paraguaios comemoram vitória sobre a Jamaica (Foto:Yuri Cortez/AFP)

O gol da vitória sul-americana por 1 a 0, em Antofogasta, e que eliminou a Jamaica, surgiu num quase acaso. Caceres, o volante do Flamengo, fez belo lançamento para Benitez. O goleiro Kerr se antecipou, mas resolveu fazer graça, e cabeceou no joelho esquerdo do atacante, que ficou apenas torcendo para a bola entrar. O que efetivamente ocorreu.

Mesmo assim foi um jogo de defesa contra ataque. No primeiro tempo, os bravos guaranis ameaçaram em pelo menos três ocasiões. Aos 20 minutos, Bobadilla bateu cruzado à direita, para fora. Aos 31, Santa Cruz acertou o ângulo esquerdo, mas Kerr praticou grande defesa. E aos 35, saiu o gol.

Na etapa derradeira, Caceres obrigou Kerr a fazer boa defesa no cantinho direito. Aos 14, Samudio, ex-Cruzeiro, acertou o travessão. Aos 27, Santa Cruz cabeceou, Mariappa meteu a mão na bola, e o árbitro equatoriano Carlos Vera ignorou o pênalti. Mas o Paraguai parou por aí. Nos últimos 10 minutos, a Jamaica ganhou coragem, e sem outra opção, saiu em busca do empate, lançando mais atacantes, esbarrando na barreira que o Paraguai armou. A equipe guarani correu o risco de tomar o gol numa bola chamada vadia, mas conseguiu, com chutões, segurar o resultado.

Com quatro pontos, ficou em boa posição no Grupo B, em busca da classificação. Os “Reggae Boyz” precisam jogar mais para competir entre sul-americanos.

FICHA TÉCNICA PARAGUAI 1 X 0 JAMAICA

Local: Bicentenário Calvo y Bascuñan, em Antofagasta (CHI)
Data-hora: 16/6/2015 – 18h
Árbitro: Carlos Vera (EQU) (4,5)
Auxiliares: Christian Lezcano (EQU) e Byron Romero (EQU)
Cartões amarelos: Austin (JAM), Morgan (JAM); Bruno Valdez (PAR)
Cartões vermelhos: Não houve
Gol: Benítez 36’/1ºT (1-0)

PARAGUAI: Antony Silva, Aguilar, Paulo da Silva, Samudio (Piris 31’/2ºT) e Bruno Valdez; Cáceres, Benítez (Molinas 41’/2ºT), Ortigoza e Derlis González; Bobadilla (Haedo Valdez 29’/2ºT) e Roque Santa Cruz – Técnico: Ramón Díaz.

JAMAICA: Kerr, Morgan, Héctor, Lawrence e Mariappa; McAnuff, Austin, Watson (Laing 11’/2ºT) e McCleary; Dawkins (Mattocks 34’/2ºT) e Barnes (Brown 16’/2ºT) – Técnico: Winfried Schäfer.

LANCEPRESS!

Comentários

comentários