‘Para mim era um homem de bem, hoje virou um bandido’, diz Dagoberto sobre Temer

Michael Franco

O deputado-federal por Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira (PDT) concedeu entrevista para a reportagem do Página Brazil, após participar do programa Tribuna Livre, na manhã de hoje (25). A conversa teve foco na atuação do parlamentar e do andamento dos trabalhos no centro da política nacional, Brasília. Acompanhando de perto as ações do presidente, foi enfático ao opinar sobre o chefe do Executivo nacional. “Aí chegou o Temer que para mim era um homem de bem, hoje virou um bandido”.

Para o parlamentar este foi “o pior mandato da história do país”, tendo em vista todos os escândalos de corrupção envolvendo o alto escalão da política. Mesmo após o impeachment de Dilma Roussef, o substituto Michel Temer apenas contribuiu para os crimes, opinou: “Esse povo que se cercou com ele, está acostumado a corrupção e com muito dinheiro […] e no entanto ele se envolveu e virou bandido igual esses.

Eleições

Pré-candidato a um novo mandato na Câmara Federal, Dagoberto disse que a “população não pode mais errar” e deve investir na pesquisa acerca da vida dos candidatos e votar na pessoa e partido que tenha responsabilidade social. E complementou: “olhe o partido e olhe as pessoas que nós vamos auxiliar a mudar esse país”.

O PDT tem Ciro Gomes como pré-candidato à presidência e Odilon de Oliveira para governador de Mato Grosso do Sul. Confira a entrevista completa abaixo:

 

Comentários