Para conter crise carcerária, Temer anuncia que usará Forças Armadas

Diante da atual crise carcerária, o governo de Michel Temer anunciou na tarde desta terça-feira (17) que vai colocar à disposição dos Estados às Forças Armadas.

A informação foi passada pelo porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, em um pronunciamento que durou cerca de três minutos.

“A reconhecida capacidade operacional dos nossos militares é oferecida aos governadores para ação de cooperação específica em penitenciárias. Haverá inspeções rotineiras nos presídios com vistas a detecção e apreensão de materiais proibidos naquelas instalações”, declarou.

Segundo Parola, a operação “visa restaurar a normalidade e os padrões básicos de segurança nos estabelecimentos carcerários brasileiros.”

O porta-voz esclareceu que a presença das Forças Armadas nos Estados terá de ter o aval dos governadores, “em face do princípio federativo”. (Com UOL)

Comentários