Palmeiras joga mal, perde para o Figueirense e segue derrapando

Time até chutou mais, só que pecou muito defensivamente e sofreu no Orlando Scarpelli. Verdão está mais próximo da zona de rebaixamento do que do G4…

O Palmeiras perdeu na vontade para o Figueirense, neste domingo. O time comandado por Argel Fucks, às vezes até violento, brigou mais, quis mais e foi recompensado com a vitória por 2 a 1 diante do Verdão, no Orlando Scarpelli, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileiro.

Foto Lancepress!
Foto Lancepress!

 

Forte em sua casa, o Alvinegro aproveitou-se dos buracos na defesa alviverde, e capitaneado por Carlos Alberto abriu o placar aos sete minutos com um gol do meia, após rebatida de Fernando Prass.

Os comandados de Oswaldo de Oliveira reagiram rápido, fazendo aquilo que a torcida tanto pediu: chutar de fora da área. Gabriel, um dos poucos que se salvaram na derrota, bateu muito bem na bola, para empatar a partida: 1 a 1.

Mais técnico, o Palmeiras não conseguiu se impôr diante de um ríspido Figueirense. As tramas pelos lados do campo não saíram, e o time mudou sua característica, preferindo arriscar mais de longa distância, porém com pouco sucesso.

Kelvin e Egídio faziam uma partida muito ruim, e Arouca pareceu perdido entre a proteção à zaga e apoio ao ataque. Rafael Marques estava apagado, e o Verdão assim começou a perder força diante de um Figueirense que perdia jogadores: Carlos Alberto e Fabinho saíram machucados no primeiro tempo.

Jackson, pelo Verdão, também foi substituído no início da etapa final, machucado. Com Tobio, a defesa continuou bagunçada, e após cruzamento de Clayton, Thiago Santana recolocou o Figueira à frente.

Mesmo perdendo, Oswaldo demorou mais de dez minutos para colocar Cleiton Xavier (Cristaldo entrara um pouco antes). Com o camisa 8, o time melhorou e pressionou, de forma tímida, mas parou no goleiro Alex Muralha.

Contra o Inter, o empate veio com uma boa atuação. Agora, derrota merecida de um time que marcou mal e atacou mal. O Verdão está mais próximo da zona de rebaixamento do que do G4. Um péssimo início para um elenco tão badalado. Mesmo não sendo o único (e nem o principal) culpado, Oswaldo deve se preparar para voltar a ouvir as cornetas na Academia.

FICHA TÉCNICA FIGUEIRENSE 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Orlando Scarpelli,Florianópolis (SC)
Data/ hora: 07/6, às 19h30h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Rafael da Silva Alves (BA)
Cartões amarelos: Paulo Roberto, Marquinhos, Marcão (FIG), Kelvin, Egídio, Ayrton (PAL)
Público/ Renda: 9.187 pagantes / R$224.220,00
Gols: Carlos Alberto 07’/1ºT (1-0), Gabriel 10’/1ºT (1-1) e Thiago Santana 17’/2ºT (2-1)

FIGUEIRENSE: Alex Muralha, Jefferson, Bruno Alves, Marquinhos, Cereceda; Paulo Roberto, Fabinho (Thiago Santana 38’/1ºT), Ricardinho, Carlos Alberto (Yago Costa 30’/1ºT); Clayton (Dener 24’/2ºT), Marcão; Técnico: Argel Fucks.

PALMEIRAS: Fernando Prass, Ayrton, Jackson, Vítor Hugo (Tobio 2’/2°T), Egídio; Gabriel, Arouca (Cleiton Xavier 28’/2ºT), Kelvin, Zé Roberto, Dudu (Cristaldo (18’/2ºT); Rafael Marques; Técnico: Oswaldo de Oliveira

LANCEPRESS!

Comentários

comentários