Palmeiras e Santos decidem título da Copa do Brasil nesta quarta-feira

Provocações, polêmicas e sete encontros na temporada: Palmeiras e Santos encerram nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), na arena do Verdão, um ano repleto de rivalidade. O duelo vale o título da Copa do Brasil e a vaga na Taça Libertadores da América de 2016. O Peixe, que venceu o jogo de ida por 1 a 0, precisa de um empate para festejar na casa adversária. O Alviverde depende de uma vitória por dois gols para inverter a vantagem e comemorar o primeiro título em seu novo estádio.

Palmeiras e Santos decidem nesta quarta (Foto: Globo Esporte)
Palmeiras e Santos decidem nesta quarta (Foto: Globo Esporte)

O Verdão conta com o apoio da torcida para pressionar os alvinegros e levar a melhor. Com ingressos para a finalíssima esgotados desde o dia 23 de novembro, o Palmeiras tem na força de quase 40 mil torcedores uma de suas principais apostas. Na arena, a equipe já eliminou Sampaio Corrêa, Internacional e Fluminense.

No primeiro jogo, disputado na Vila Belmiro na semana passada, o Peixe soube aproveitar o fator casa para vencer por 1 a 0, com um gol de Gabriel marcado no segundo tempo. No Paulistão deste ano, após perder exatamente por esse placar na arena alviverde, o Santos levou a melhor por 2 a 1 em casa e levantou a taça após triunfar nos pênaltis.

Como na decisão o gol fora de casa não é critério de desempate, qualquer vitória palmeirense por um gol de diferença leva a decisão do título para as cobranças de penalidades.

Nesta temporada, Palmeiras e Santos já se encontraram seis vezes, com quatro vitórias do Peixe e duas do Verdão. O duelo desta quarta vale também o planejamento para 2016: quem perder, não disputará a Libertadores, principal competição continental.

O catarinense Heber Roberto Lopes apita a partida, auxiliado pelos paulistas Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse. A TV Globo e o Sportv exibem o duelo ao vivo, para todo o Brasil. O GloboEsporte.com acompanha os lances em Tempo Real, com vídeos.

GloboEsporte.com

Comentários

comentários