Palmeiras e Flamengo retomam rivalidade e fazem duelo de líderes no Brasileiro

Gazeta Esportiva.com

O Maracanã, que vai receber mais de 60 mil pessoas, será o palco da decisão (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Um clima de decisão e muita rivalidade vai tomar conta do Maracanã neste sábado, às 19h (de Brasília), quando Flamengo e Palmeiras se enfrentam em choque válido pela 31ª rodada. O Verdão lidera o Campeonato Brasileiro com 62 pontos, quatro a mais que o Rubro-Negro, segundo colocado.

Além da disputa pela ponta da tabela de classificação, a rivalidade entre as equipes também irá agitar o confronto. No primeiro turno, em empate por 1 a 1 no Allianz Parque, uma confusão generalizada tomou conta do jogo e terminou com seis jogadores expulsos.

As suspensões, inclusive, serão problema para o Alviverde neste confronto. No duelo contra o Ceará, no último domingo, Deyverson foi expulso, Lucas Lima, Bruno Henrique e Mayke receberam cartões amarelo e aumentaram os problemas palestrinos para escalar a equipe. Após o duelo, Felipão e o diretor Alexandre Mattos comentaram de forma irônica os cartões aplicados pela arbitragem.

“Todos sabem que isso vai prejudicar demais a equipe. Todos sabem. Parece até lista pronta. Mas temos um elenco qualificado e acredito que podemos fazer um bom jogo”, disse Luiz Felipe Scolari.

O maior problema para o pentacampeão mundial será na lateral-direita. Além da suspensão de Mayke, Jean e Marcos Rocha estão fora por lesão e não há outra opção de ofício no elenco. Assim, o treinador pode ser obrigado a escalar Pedrão na função.

Além do Flamengo, sua torcida e os desfalques, o Palmeiras vai precisar esquecer a derrota na Copa Libertadores. Na última quarta-feira, o Palestra perdeu do Boca Juniors por 2 a 0 em La Bombonera e, assim, precisa se recuperar na próxima quarta, em duelo de volta das semifinais no Allianz Parque.

(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Do outro lado, os flamenguistas, que chegaram a responder as declarações polêmicas de Felipão, agora preferem manter foco no jogo. Mais de 60 mil ingressos já foram vendidos para o clássico nacional.

“A nossa expectativa é a de uma grande partida, com a torcida promovendo um grande espetáculo nas arquibancadas. Temos que repetir as atuações e a concentração que estamos tendo. É um momento em que o torcedor flamenguista quer ver a sua equipe. É um jogo decisivo”, disse o técnico Dorival Júnior.

Os flamenguistas tratam a partida como uma final. Uma eventual derrota diante dos paulistas faria a diferença entre os dois times aumentar para sete pontos, restando apenas sete jogos para o final da competição.

“O apoio dos nossos torcedores nos dá mais confiança, mesmo sabendo da dificuldade que o adversário vai gerar. O jogo é de grande importância, pois podemos encurtar a distância para a liderança e nos aproximarmos dos nossos objetivos. Se ganharmos do Palmeiras, as coisas podem ficar melhores e temos a certeza de que a torcida estará ao nosso lado”, disse o meia Everton Ribeiro.

Dorival Júnior não deve promover surpresas na escalação rubro-negra. César será mantido no gol, já que Diego Alves ficou em baixa por ter se recusado a viajar com a delegação para o jogo com o Paraná e não aceitar a condição de reserva. A única dúvida é em relação ao meia Diego, que entrou no segundo tempo contra o Paraná e mostrou estar totalmente recuperado de dores na coxa direita. O apoiador, porém, deve ter que esperar um pouco mais para recuperar a condição de titular.

Comentários